Litro da gasolina mais barato em João Pessoa é achado pelo Procon a R$ 6,95

Foto: Divulgação/Agência Brasil
 

Portal Correio

A média no preço da gasolina comum na Capital está em R$ 7,016, registra pesquisa de combustíveis da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, oscilando entre R$ 6,950 (Elesbão – Água Fria, Boa Viagem – Distrito Industrial, Três Lagoas – Costa e Silva e Maxi – Oitizeiro ) e R$ 7,290 (Big – Tambaú e Almeida – Novais), com diferença de R$ 0,34 e variação de 4,9% para pagamento à vista ou no cartão.

Dos 109 postos visitados pelo Procon-JP, dois aumentaram o preço, 12 reduziram e 95 mantiveram o mesmo valor da gasolina comum se comparado ao levantamento da semana passada. O preço do produto aditivado está registrado entre R$ 6,970 (postos Expressão – Centro e Torre) e R$ 7,390 (8 postos), diferença de R$ 0,42, variação de 6% e média de R$ 7.192.

O álcool manteve os mesmos preços da pesquisa do último dia 1º, com o produto oscilando entre R$ 5,430 (Ferrari – Centro) e R$ 5,990 (São Severino – Castelo Branco e Setta – Alto Mateus), com média de R$ 5,696, diferença de R$ 0,56 e variação de 10,3%. Em relação à semana passada, o etanol aumentou os preços em três postos, caiu em dois e se manteve em 99.

Diesel

O preço do diesel S10 continua com a mesma oscilação da pesquisa anterior, praticado entre R$ 6,790 (postos Expressão – Centro e Triunfo – Torre), e R$ 7,390 (JR – Manaíra). A média foi registrada em R$ 7,054, a variação em 8,8% e a diferença em R$ 0,60. Sete estabelecimentos aumentaram, quatro reduziram e 96 mantiveram o mesmo valor do produto se comparado à última pesquisa. O diesel comum foi registrado entre R$ 6,690 (Independência – Tambiá) e R$ 7,090 (Almeida – Novais), com média de R$ 6,904.

GNV

Outro combustível que também manteve os preços da semana passada foi o Gás Natural Veicular (GNV) e está sendo encontrado entre R$ 5,350 (praticado em 9 postos) e R$ 5,490 (Bancários – Bancários), com diferença de R$ 0,14, variação de 2,6% e média de R$ 5,368. Em relação à pesquisa da semana passada, todos os 11 revendedores do produto em atividade durante a visita do Procon-JP mantiveram o preço em relação ao primeiro dia de junho.